14.8.08

Eu fico muito indignada com esse povo! Esse povo que não pensa, não verbaliza! São todos objetos, mecânicos, obedecem calados atónitos diante de certas situações mas não falam nada! Só continuam a obedecer: submissos, miseráveis, pobres da maior pobreza que há.

O povo tem voz! O povo pode mudar qualquer coisa! O povo tira o poder de um presidente (máximo poder de um país) com um estalar de dedos. Mas é preciso que haja união.

Estudantes se uniram e tiraram o presidente Collor do poder. Não estou me referindo ao atual presidente. Não me queixo de seu trabalho, que embora meio duvidoso vem apresentando bons resultados, enfim.. a idéia não é essa.

E voltando ao povo.. Sem palavras bonitas:

Que porra! esse povo não percebe a ditadura que por vezes se formam em seu meio? Não vêem?Todo poder concentrado é sujo, é imoral e injusto! Num país 'democrático' (pelo menos em tese) querem implantar um poder unipolar? Querem transformar-nos em robôs? Logo nós, estudantes? Eles deveriam nos ensinar as coisas do mundo como sermos fortes diante das coisas, como dizer o que queremos, mas querem nos ensinar a abaixar a cabeça e respeitar regras ilógicas. Nos olham de cima, nos encaram com desprezo, como se fossem a soberania-mor daquela instituição. Como se não fossêmos mais forte que eles.

Ignorantes são eles! Aliás.. ignorantes são todos! Menos eu, e a pequena parcela que vem comigo, a pequena parcela de gente que "faz hora e não espera acontecer" ...

Mas o resto? são um bando de enfeudados. E eu enfadada disso tudo.

"A união faz a força" nossa, mas a desunião promove a força deles, que ficam cada dia mais poderosos diante de um bando de gente que se diz inteligente e esperto mas não são capazes de falarem: não. assim não dá!

3 comentários:

Nadja disse...

Olá,fiquei sabendo do seu blog por intermédio(?rs)da minha irmã Clarice,e gostei do que li,voce escreve muito bem,menina!


bjosss

Nadja disse...

Obrigada pela visita!

bjoss

Clarice caldas disse...

Como todo o resto do texto concordo total e completamente,mas essa é a melhor parte:
"Querem transformar-nos em robôs? Logo nós, estudantes? Eles deveriam nos ensinar as coisas do mundo como sermos fortes diante das coisas, como dizer o que queremos, mas querem nos ensinar a abaixar a cabeça e respeitar regras ilógicas. Nos olham de cima, nos encaram com desprezo, como se fossem a soberania-mor daquela instituição. Como se não fossêmos mais forte que eles."


Eu não sei,só sei que se a gente for fraca e não aguentar,a gente se fode e ele vão rir.
Medo eu tenho,coragem não.A gente aprende tudo isso pra que?Para morrer fodido numa tumba?Mas é isso.A gente tem que encará-los,e depois do dever vem o orgasmo,saca?E daí a gente taca uma bomba no senado e no Ima,e tá tudo pronto.


beijo;*