15.4.10

Daquela conversa morta e ressucitada.

Dormi chorando pela dor de cabeça e acordei chorando pela dor de ausência. Me sentindo sozinha.
Tão triste lembrar de certas coisas; e se fosse você, perdoaria?
O Perdão uma vez dado não deve ser relembrado, se for é porque não foi realmente perdoado. Então que o seja, a angustia da certeza do perder é maior que a ferida aberta e talvez nunca mais fechada. Um corte no tempo, um falha do homem causada por ele. Mas do que eu estou falando?
O Perdão já foi dado e não merece ser lembrado.
Mas tem coisas que nunca morrem definitivamente mesmo.

Trilha: Zé Ramalho - Garoto de Aluguel

3 comentários:

deh ramos disse...

Realmente Jaque.. Algumas coisas nao morrem, mas às vezes é bom guardá-las numa gaveta para que possamos respirar um pouco! Amei o post.. Bj ;**

Sentimental ♥ disse...

perdoar é bom, mas é melhor ainda pensar muito antes, pra depois não ter arrependimento. rs

Fernando Mello disse...

E o perdão? O que é o perdão? Ele realmente pode ser dado, concedido? Ou o que conhecemos como perdoar seria apenas um "codinome" para um esparadrapo colocado em uma ferida que deveria levar alguns pontos? O sangue pode parar de escorrer e a ferida fechar, mas a pele do local sempre fica sensível e qualquer simples arranhão machuca um pouco mais. Tentar, confiar, acreditar, querer acreditar...é praticamente intangível quando pensamos que já é impossivel voltar a ser como antes...mas caminhar é preciso, sempre...