23.9.10

É como um samba; mas a bateria descompassou.
É como a estranha sensação de nadar nadar e morrer na praia.
Tudo ficou pra trás. E agora uma vida nova me convida, mas eu não sei vivê-la.
São novos cheiros e novas sensações. Todos os botecos com juke box que eu nunca sentei. Todas as coisas que eu nunca fiz, agora eu posso. Mas não sei fazê-lo.
É como se, de novo, eu não soubesse dançar a música da minha vida.
O samba saiu do ritmo e virou uma confusão de sons. A Harmonia virou barulho...

"Não há mais quem nos separe
Somos os dois uma só parte
Juntos como unha e carne"

3 comentários:

Má Midlej disse...

OXE, tem barulho que é bom...

MAILSON FURTADO disse...

Bela postagem!!!

Muito bom,parabéns!!!

Acesse:
http://mailsonfurtado.blogspot.com

Luh rabbit disse...

Jk´s da vida.