17.5.09

A necessidade da mentira.

Pode-se amar e ser amado, mas nunca - nunca - se pode escapar de uma mentira!
Nem que seja oferecida a liberdade, não se opta pela verdade. Sentir aquele friozinho na barriga, a possibilidade de ser ou não descoberto.. é tão excitante, não é?
'Eu sei o que vocês fizeram no verão passado.'
Enfim encontra-se a pessoa desejada, que satisfaz os desejos, os momentos adversos, e os jantares em família, mas não basta. Não! Isso é a verdade, e todos precisam da mentira pra continuarem a sustentar uma verdade. A realidade precisa de um pouco de fantasia tanto quanto quem vive uma verdade precisa de uma mentirinha.
Não é?



7 comentários:

Hemisfério Desocupado disse...

'Um dia pretendo tentar descobrir, porque é mais forte quem sabe mentir. Não quero lembrar que eu minto também.'

É bem isso aí.
A propósito, fez-me rir com teu comentário em meu blog. HAIUAHOAIUAHOAIU Gostei. :D

Priscila Costa disse...

São as mentiras sinceras...

:)
que saudade de te leeeeeeeer!

Thalyta França disse...

cara... é.

Junior Matos disse...

saudades de nossos raros abraços
:(
:*

Clarice_Reis disse...

E como,aliás minha vida toda é uma mentira contada em livros.Haha!
Saudade de você.Sua bruta,nao oh.Nunca ouvi,ou ja ouvi falar,acho que sim,por quê?:*

Nadja disse...

Li não sei onde que a mentira
é uma verdade que esqueceu de acontecer.

.)

Katrina disse...

Eu escrevo mentiras bem verdadeiras